A Metamorfose
Franz Kafka

franz-kafka-2É considerada uma das obras literárias mais importantes do século vinte.

O autor convida o leitor a acompanhar os sentimentos de Gregor Samsa, caixeiro viajante, surpreendido, ao acordar, com o corpo na forma de um inseto.

 

Metamofoseado

Gregor Samsa, metamorfoseado em inseto, pensa e sente como humano enquanto a sua família, diante da situação inesperada, demonstra sentimentos de repulsa e desconforto.

O surrealismo escolhido por Kafka para discutir um tema de extrema profundidade alcança objetividade clara e direta no momento que o leitor embarca no conceito filosófico da obra.

O leitor é surpreendido, logo no início do texto, ao ser informado que o protagonista foi transformado em um inseto.

Nada mais surreal para início de uma conversa! A curiosidade impera e ajuda a adentrar no espaço filosófico, sem saber onde se quer chegar.

franz-kafka-3

 

“Quando certa manhã Gregor Samsa acordou de sonhos intranquilos, encontrou-se em sua cama metamofoseado num inseto monstruoso”.

 

Comportamento familiar

A narrativa chama a atenção para fatos que provocam alterações no comportamento das famílias, a exemplo da convergência do poder, imposição moral, alienação intelectual, ausência de liberdade, sentimento de culpa, dependência financeira, inversão de valores e outros comportamentos relacionados à convivência.

Isolado em seu quarto, excluído pela empresa e ignorado pela família, Gregor Samsa, sentiu, no corpo de um inseto, os reflexos das atitudes humanas e percebeu o incômodo da submissão social.

Surrealismo

O surrealismo foi utilizado para transgredir a sociedade valendo-se da situação extravagante, para valorizar a irracionalidade e a incoerência, com total despreocupação moral, no momento em que o protagonista se exclui da família e decide se apresentar de forma inesperada e rompendo com os valores sociais.

É algo inimaginável à época que o texto foi escrito.

Capitalismo

Além dos conflitos familiares o autor chama a atenção para a imposição do capitalismo quando o protagonista se nega a trabalhar.

O leitor percebe que se o protagonista for rotulado como vilão em vez de vítima perderá a beleza subjetiva da obra. Gregor Samsa, mostra a necessidade de mudança comportamental, na família, cuja sobrevivência dependia financeiramente dele.

Metamorfoseado, Gregor Samsa, liberta-se da pressão político-social e o que parece ser um castigo se transforma em liberdade.

Kafka surpreende e encanta pela complexidade, transforma o cotidiano em um estado surrealista e imprime perplexidade.

A obra apesar de escrita em 1912  mantém-se atualizadíssima.

Recomendadíssima a leitura!

Franz Kafka

franz-kafka-1

O escritor Franz Kafka nasceu no dia 3 de julho de 1883, em Praga e morreu, aos quarenta anos, de insuficiência cardíaca, no dia 3 de junho de 1924 em Klosterneuburg, Áustria.

Filho uma família judaica de classe média, seus pais Hermann Kafka (1852-1931) e Julie Kafka (1856-1934) eram comerciante.

A maior parte da população de Praga à época falava tcheco.

Era visível a divisão entre os que se expressavam em tcheco e alemão.

A língua era usada para fortalecer a identidade nacional.

Franz Kafka se expressava nas duas línguas, escrevia em alemão por considerar a sua língua materna.

Era o mais velho dos seis irmãos.

Georg e Heinrich, morreram antes do escritor completar sete anos e as irmãs Gabriele, Valerie e Ottilie morreram durante o holocausto, na Segunda Guerra Mundial.

Formação acadêmica

Kafka começou a estudar química, mas trocou o curso pelo de direito.

Formado em direito, fez parte, junto com outros escritores da época, da Escola de Praga. Esse movimento era basicamente uma maneira de criação artística alicerçada em uma grande atração pelo realismo, uma inclinação à metafísica, uma síntese entre a racional lucidez e um forte traço irônico.

Este estilo lhe rendeu o termo ‘kafkiano’ como algo complicado, tortuoso e surreal.

franz-kafka-e-ottilieKafka é considerado pelos críticos como um dos escritores mais influentes do século XX.

A maior parte de sua obra, como ‘A Metamorfose’, ‘O Processo’ e ‘O Castelo’, está cheia de temas e exemplos de alienação e brutalidade física e psicológica. A burocracia, as transformações simbólicas e os conflitos familiares são marcantes na obra do escritor.

Kafka preferia comunicar-se por cartas. Além de amigos próximos escrevia para a sua noiva Felice Bauer e sua irmã mais nova, Ottla Kafka.

franz-kafka-primeira-pagina-do-manuscrito-de-kafka-de-carta-ao-paiA mais famosa das cartas escrita pelo escritor foi dirigida ao seu pai, de mais de 100 páginas, nas quais ele reclama de ser profundamente afetado pela autoridade do pais.

Publicações

Apenas algumas das obras de Kafka foram publicadas durante sua vida.

Os trabalhos inacabados de Kafka, como os romances O Processo, O Castelo e O Desaparecido, foram publicados postumamente por Max Brod.

Kafka desejou que os seus manuscritos fossem destruídos após sua morte, contudo o amigo Max decidiu publicá-los.

Incansável leitor, leu Platão, Gustave Flaubert, Fiódor Dostoiévski, Franz Grillparzez e Heinrich von Kleist.

Atividades profissionais

franz-kafka-estatua-de-bronze-de-jaroslav-rona-em-pragaDepois de formado, trabalhou em uma companhia de seguros. Nesta época começou, no tempo livre, a escrever contos.

Com a herança de Hermann Kafka, seu pai, tornou-se sócio de Karl Hermann em uma fábrica de asbesto conhecida como Prager Asbestwerke Hermann & Co.

A Primeira Guerra e a doença

Kafka recebeu sua convocação para o serviço militar na Primeira Guerra Mundial, contudo, por considerarem o seu trabalho na companhia de seguros essencial para o governo, houve adiamento.

Posteriormente foi impedido de servir devido aos problemas de saúde associados à tuberculose, diagnosticada em 1917.

No ano seguinte, 1918, o Instituto de Seguros afastou Kafka devido à sua doença. Naquela época não havia tratamento eficaz obrigando-o a passar boa parte de sua vida em sanatórios.

Vida sexual

Kafka se relacionava com mulheres de forma ativa, contudo, apesar de desejar mulheres e sexo tinha pouca autoestima. Manteve relações íntimas com várias mulheres durante sua vida.

Conheceu Felice Bauer, uma parente do amigo Brod, com a qual se correspondeu durante cinco anos.

Ficou noivo de Julie Wohryzek, mas, apesar de os dois terem alugado um apartamento e marcando uma data para o casamento a cerimônia não chegou a acontecer, possivelmente devido às crenças sionistas de Julie, que defende o direito à autodeterminação do povo judeu. Hermann, pai do escritor rechaçadas a ideia.

Depois de Julie, Kafka se relacionou com a jornalista Milena Jesenská e com a professora Dora Diamant que terminou por influenciar o interesse do escritor pelo Talmude, livro considerado pelos judeus como sagrado.

Comportamento

Apesar de pouco empenho pelo esporte na infância, interessou-se, quando adulto, por jogos e atividades físicas, tornando-se um bom ciclista, nadador e remador.

Temia que as pessoas o achassem repulsivo física e mentalmente, contudo, os mais próximos percebiam um comportamento quieto e agradável, uma inteligência óbvia e senso de humor.

Para Pérez-Álverez, Kafka sofria de transtorno de personalidade esquizoide. Esse transtorno mantinha-o distante, individual e indiferente aos relacionamentos sociais.

Outros sugeriram que ele sofreu de um distúrbio alimentar e de anorexia nervosa que pode ter o levado à depressão.

A obra

Os contos foram primeiro publicados em periódicos literários, na revista bimensal Hyperion.

Escreveu Descrição de uma luta (1904), Preparativos para um casamento no campo (1907), Contemplação (1912), O desaparecido (1912), O foguista (1912), O veredicto (1912), A metamorfose (1912), O processo (1914), Na colônia penal (1914), Carta ao pai (1919), Um médico rural (1919), O castelo (1922), Um artista da fome (1922-24), e A construção (1923).

 

 

Referência bibliográfica

a-metamorfose-1Kafka, Franz. 1883-1924
Metamorfose / Franz Kafka; tradução e posfácio Modesto Carone. – São Paulo: Companhia das Letras,1997.
96p.
ISBN 978-85-7164-685-8
1. Ficção alemã I. Carone, Modesto II. Título.
(R)

 

10 comments

  1. Gostei do comentário e a abordagem relativa ao texto lido.
    Com muita propriedade e visão sistemica, a retratação do texto nos convida a leitura desse considerado uma das obras literárias mais importantes do século vinte.
    Parabéns.

  2. Eu gostei muito do livro, tanto é que já li duas vezes e ele é um dos meus favoritos…e gostei do que foi escrito aqui 😀

  3. Vale a pena também ler “A metamorfose” de Luis Fernando Veríssimo. Faz uma paródia do original com uma genialidade de poucos.

  4. É preciso ter uma percepção afiada pra compreender,quero dizer, ter uma visão melhor da metáfora que é essa obra do Kafka. Gostei bastante De ler esse texto, me fez refletir de uma maneira melhor e bem mais profunda. Não que eu já não houvesse refletido bastante a respeito, mas me ajudou a ter uma visão bem maior a respeito do livro.
    Parabéns pelo blog :**

  5. Ótimo comentário de um dos melhores livros que já li na minha vida, Kafka cria um universo Surrealista-Realista, pois nos sentimos como insetos parasitas nesta sociedade Capitalista.

  6. Gostei muito do comentário, pois, de forma bem lacônica, é dito muito sobre a obra. Admiro o brilhantismo de Kafka, uma vez que, valendo-se do grotesco, isto é, da metamorfose de Gregor Samsa, nos passa uma profunda lição quanto ao fato de o ser humano, até mesmo no ambiente familiar, ser apreciado não pelo que sente ou pelo que é, mas pelo que produz, pensamento forjado aos moldes de uma sociedade estereotipada pelo sistema capitalista, que torna ainda mais pujante o pendor humano para o egoísmo.

  7. Franz Kafka expõe de forma extremamente brilhante, através da metáfora que é a vida de Gregor Samsa, as mazelas que é a vida imposta pela sociedade da época e, mesmo decorrido tanto tempo da publicação desta obra, apesar de todos os avanços (mas também retrocessos) que a atual sociedade conquistou, ainda assim muitas destas mazelas (sob as mais variadas formas), continuam assolando a sociedade (falta de ética na política, desrespeito aos valores humanos, intolerância racial etc)!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *