Categoria: João Ubaldo Ribeiro

A casa dos budas ditosos – Luxúria
João Ubaldo Ribeiro

O autor declarou, em entrevista, ter recebido um convite para escrever sobre um dos pecados capitais. A escolha da luxúria, possivelmente, foi levada por recordações fantasiosas vividas, na Bahia, por uma juventude inquietada devido aos movimentos liberais que questionavam valores sociais, políticos e religiosos. O uso de drogas estimulava a liberdade e liberalidade sexual que terminava com a prática de relações, muitas das vezes, voluptuosas. Recordar esses fatos serviu de estimulo para o autor da obra, narrada por uma protagonista que se dedicou aos prazeres do sexo. A linguagem utilizada pode aproximar-se da vulgaridade, contudo, altera-la para uma menos pornográfica, possivelmente, não atingiria o objetivo de retratar ambientes que beiram à promiscuidade, tampouco afrontaria as castas sociais mais puritanas, apesar … [ Continue lendo ]

Tags João Ubaldo Ribeiro, Resenha | Deixe um comentário

O Rei da Noite
João Ubaldo Ribeiro

O livro de crônicas aborda temas do cotidiano que interferem nas relações, no comportamento e na psique. O título O Rei da Noite é, também, a crônica de abertura e se torna o convite, irrecusável, para a leitura das demais. Tudo é dito de forma hilária, contudo, o que nos parece muito divertido concentra relatos de atitudes e sentimentos que influenciam no dia-a-dia das pessoas, e, certamente, marcaram a vida do autor. Entre o divã e o deleite O autor descreve sobre os equívocos cometidos por pessoas que não sabem se comportar em reuniões sociais; o sofrimento de fumantes dispostos a largarem o vício; os traumas de infância provocados pelas famílias; os conflitos psicológicos provocados pelo conforto da ociosidade e a … [ Continue lendo ]

Tags João Ubaldo Ribeiro, Resenha | Deixe um comentário

O Albatroz Azul
João Ubaldo Ribeiro

Surge o Albatroz Azul, livre, majestoso, solto no céu… Belinha, a única filha de Tertuliano em idade frutífera, casada com Saturnino Bororó, estava grávida e esperava que fosse mais uma mulher a somar às muitas já paridas. Ocorre que, Tertuliano tinha certeza, que desta vez, na barriga da filha crescia um menino. Pesquisou o nome mais apropriado para o neto, mesmo antes de nascer, e concluiu que ele se chamaria Raymundo Penaforte. Guardou para si os preparativos e ficou aguardando chegar o dia que a parteira, Altina Pequena, seria chamada para ajudar no parto de Penaforte. Durante o trabalho de parto, Altina mandou convocar Tertuliano, logo, ele confirmou a aparição da lua cheia no céu. Traseiro pra lua e duas … [ Continue lendo ]

Tags João Ubaldo Ribeiro, Resenha | Deixe um comentário
@ 2017 Os Livros - Resenhas e Resumos de Livros