Do Universo à Jabuticaba
– Rubem Alves

O texto registra fragmentos de observações, pensamentos, experiências e conceitos do dia a dia do autor, catalogados por temas do cotidiano e pensamentos filosóficos.

Contextualizar as pequenas crônicas que tomam forma de um ensaio é sujeitar-se a um risco exagerado, até porque, os temas atingirão de forma diferente cada leitor.

Discorrer sobre a narrativa compromete a qualidade, afinal, são fragmentos da observação de um importante intelectual brasileiro que, com singeleza, nos brinda com muitos ensinamentos.

As fases da vida

jaboticaba-1“MINHA VIDA (…) se divide em três fases.

Na primeira, meu mundo era do tamanho do universo e era habitado por deuses, verdades e absolutos.

Na segunda fase meu mundo encolheu, ficou mais modesto e passou a ser habitado por heróis revolucionários que portavam armas e cantavam canções de transformar o mundo.

Na terceira fase, mortos os deuses, mortos os heróis, mortas as verdades e os absolutos, meu mundo se encolheu ainda mais e chegou não à sua verdade final mas à sua beleza final: ficou belo e efêmero como uma jabuticabeira florida.”

A eterna busca

“PSICANÁLISE – Conversa na recepção: Conversa vai, conversa vem, digo que sou psicanalista.

A moça entra em pânico, temerosa de que eu tivesse poderes para ver a sua alma. “

Eu já fiz terapia”, ela disse. “Mas agora estou resolvida.”

Pergunto: “Quando se deu o óbito?”.

Ela me olha sem entender. Óbito?

Explico: as únicas pessoas resolvidas que conheço estão no cemitério.”

Vida e morte

“MORTE – A vida, para ser, leva tempo, demanda paciência, exige cuidados, há que se esperar.

Mas a morte vem súbita e definitiva.

Uma árvore leva anos a crescer.

O machado a abate em poucos minutos.”

Nada se repete

“Heráclito foi um filósofo grego fascinado pelo tempo.

Contemplava o rio e via que tudo é rio.

Percebeu que não é possível entrar duas vezes no mesmo rio; na segunda vez, as águas serão outras, o primeiro rio já não existirá.

Tudo é água que flui: as montanhas, as casas, as pedras, as árvores, os animais, os filhos, o corpo…

Assim é tudo, assim é a vida: tempo que flui sem parar.”

A aparente simplicidade da escrita enriquece o seu conteúdo e permite ao leitor interromper a leitura, para maior reflexão sobre o que é dito. O retorno ao texto é revigorado.

Recomendadíssima a leitura!

Rubem Alves

rubem-alves-2Pedagogo, poeta, filósofo de todas as horas, cronista do cotidiano, contador de estórias, ensaísta, teólogo, acadêmico, autor de livros e psicanalista.

Rubem Alves é um dos intelectuais mais famosos e respeitados do Brasil.

Autor de vastíssima obra, já publicou textos sobre educação, meditações teológicas, crônicas e histórias infantis.

É membro da Academia Campinense de Letras, professor emérito da Unicamp e cidadão honorário de Campinas, onde recebeu a Medalha Carlos Gomes de contribuição à cultura.

Referência bibliográfica

do universo à jabuticabaAlves, Rubem, 1933 – 2014.
Do universo à jabuticaba / Rubem Alves. – São Paulo : Editora Planeta do Brasil, 2010.
ISBN 978-85-7665-708-8
1. Crônicas brasileiras I. Título.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *